sexta-feira, 15 de maio de 2015

David Olère, Judeu, no Inferno dos Alemães

.
.

Auto-retrato de David Olère. No campo de Auschwitz.
 .
David Olère foi um pintor e escultor judeu, nascido na Polónia em 1902 e falecido na França em 1985. Foi prisioneiro dos Alemães, no campo de concentração de Auschwitz-Birkenau, de 1943 a 1945.

Naturalizado francês em 1937, combateu pela nova pátria integrado em forças de infantaria. Após a derrota diante das tropas nazis, viu-se desmobilizado e sem emprego.

Detido pela polícia francesa colaboracionista em Fevereiro de 1943, acabou nas mãos dos Alemães, que o deportaram para Auschwitz com centenas de outros Judeus. Tornou-se o prisioneiro n.º 106 144.

Libertado pelas tropas norte-americanas em princípios de Maio de 1945, empenhar-se-ia depois em testemunhar, através de desenhos e pinturas como estas, a pavorosa experiência que tinha vivido.

.
.

.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
. 
.
.

2 comentários:

Vergilio disse...

Terrível! Formidável denúncia. Partilhei a hiperligação na meu twitter (@verdfruto) e página do facebook. Obrigado.

Cavaleiro da Torre disse...

Vergílio: agradeço o interesse e a partilha. Saudações.