quarta-feira, 8 de abril de 2015

Tempo de Vinícius - A Cachorrinha

.
.
.
.
Mas que amor de cachorrinha!
Mas que amor de cachorrinha!

Pode haver coisa no mundo
Mais branca, mais bonitinha
Do que a tua barriguinha
Crivada de mamiquinha?

Pode haver coisa no mundo
Mais travessa, mais tontinha
Que esse amor de cachorrinha
Quando vem fazer festinha
Remexendo a traseirinha?
.
.
(Vinícius de Moraes - Rio de Janeiro, Brasil, 1970)


1 comentário:

Flor de Maio disse...

"A tua barriguinha crivada de mamiquinha"... Só o grande Vinícius poderia inventar uma coisa assim, simultaneamente original e ternurenta! E a cadelinha da ilustração é mesmo amorosa...