sábado, 13 de novembro de 2010

Elis e Tom - Águas de Março

.
.
"São as águas de Março fechando o Verão..."
Vem sendo, desde há cerca de quarenta anos, uma das composições mais famosas da música ligeira universal.
A mim, para além da lembrança do Brasil, transporta-me sempre para as terras natais de Angola - pela sonoridade, pelas imagens, pela vastíssima coincidência de evocações...
.
Não é para admirar, se atendermos à ligação histórica e geográfica destes dois mundos, que se fitam eternamente por sobre as águas do Atlântico. De um lado Luanda, do outro Recife; Benguela e Maceió; Namibe e Aracaju; Porto Amboim e Salvador; Sumbe e Ilhéus...
.
Em palco, dois gigantes da música brasileira, tão prematuramente desaparecidos:
Elis Regina (1945-1982) - voz, garra e sentimento, a Pimentinha de mestre Vinicius de Moraes...
Tom Jobim (1927-1994) - compositor, executante, cantor, um dos progenitores da bossa nova...

.
.

Sem comentários: