segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Velha Espanha

.
 .
.

 .
.

 .
.

 .
.

 .
.

 .
.

 .
.

 .
.

 .
.

 .
.

 .
.

 .
.


.

2 comentários:

Luciana disse...

Estes velhos cartazes turísticos são muito sugestivos. E a música com que encerra o seu desfile ("Fandango") é Espanha pura e combina na perfeição com o ambiente das gravuras... Maravilhoso!

Cavaleiro da Torre disse...

Cara Luciana, a música é, de facto, do mais "espanhol" que se possa imaginar, mas convém referir que o seu compositor, Boccherini, nasceu em Itália (1743). Ele chegou à corte de Madrid em 1769 e por aqui se radicou com o seu ofício de músico. Acabaria por morrer em Madrid, em precárias condições, no ano de 1805.
Neste magnífico "Fandango" sobressai o virtuosismo do Carmina Quartet e, em especial, na minha opinião, a excepcional Nina Corti (castanholas). Obrigado pelo seu comentário e volte sempre.