domingo, 9 de maio de 2010

Benfica Venceu - Voltou o Grande e Histórico Campeão de Portugal!

.
.
Vencendo hoje o Rio Ave na 30.ª e última partida, em pleno Estádio da Luz, o Benfica sagrou-se, com mérito indiscutível, e pela 32.ª vez, campeão de futebol de Portugal.
É, de longe, o clube que mais vezes conquistou o título.
.
A equipa praticou ao longo da época um espectacular e demolidor futebol de ataque, com uma qualidade que há muitos anos não se via nos relvados portugueses. Foram 78 golos marcados nos 30 jogos (contra apenas 20 sofridos).
.
Um triunfo categórico e justíssimo, que se junta à recente conquista da Taça da Liga (vitória por 3-0, na final, sobre o Porto).
.
Ficam abaixo alguns dos guerreiros...
.
Três brasileiros: David Luiz, Luisão (capitão do time) e Ramires.
.

Luisão, defesa-central (ou zagueiro) com vocação atacante.
Jogador da selecção brasileira.
.

David Luiz, fantástico defesa-central (zagueiro),
um dos jogadores que melhor representa o "espírito do Benfica".
Não tardará a conquistar um posto na selecção do Brasil.
.
.
Águia Vitória, mascote e símbolo do clube.
Antes de cada jogo no Estádio da Luz,
Vitória responde a um apelo e mergulha do alto das bancadas,
descrevendo voos circulares
cada vez mais apertados e rasantes...
.
.
... até descer e poisar majestosamente
sobre o emblema
do mais famoso e popular clube português
(emblema de que ela faz parte - e que assim completa).
Um espectáculo inesquecível, único no Mundo.
.
Kardec (Brasil), Di Maria (Argentina) e Luisão (Brasil)
.

Cardozo, melhor marcador da equipa e do Campeonato.
Mortífero para os guarda-redes (goleiros) adversários.
26 golos apontados (um terço do total da equipa).
Jogador da selecção do Paraguai.
.

Pablo Aimar (Arg.), Luisão (Br.), David Luiz (Br.) e Fábio Coentrão (Portugal).
.

.
Di Maria, um extremo (ponta) velocíssimo,
de dribles mágicos, quase imparável.
Maradona não prescinde dele na selecção argentina.
Confirmem em Junho, na África do Sul.
.
Fábio Coentrão (Port.), Di Maria (Arg.), Carlos Martins (Port.)
.

Saviola (Arg.), a inteligência e o imprevisto
do futebol de ataque em movimento.
Ramires (pulmão do meio-campo benfiquista) está em segundo plano.
.

David Luiz, Pablo Aimar, Kardec e Ruben Amorim (Port.)
.

.
Jorge Jesus, treinador e timoneiro.
Chegou há menos de um ano ao Benfica
garantindo que a equipa passaria a jogar o dobro
e que estava ali para ser campeão.
Cumpriu - com competência, vibração e brilho.
.
Vitória!
.
(Kardec, Ramires, Míguel Vítor, Júlio César)
.

Estádio da Luz, conhecido como a catedral do futebol português.
.

S. L. B. - Sport Lisboa e Benfica
.
Emblema de um clube ganhador, carismático e histórico.
-----------------------------------------
.
ANEXO I - Momentos Mágicos de uma Super-Equipa:
.
ANEXO II - Hino do Benfica:.
.
.

Sem comentários: