quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Mapa Cor-de-Rosa

.
MAPA COR-DE-ROSA
.
E tu ali tão perto!...
Sinto-te o cheiro
E o ácido das frutas
Agita-me os lábios.

Piso a terra avermelhada
E o restolho do capim
Deixa exalar coisas
Que não sei dizer.

Tão perto…

Dizem ser cor-de-rosa
Tal distância.
Um quase nada…

Oh! Senhora da Muxima
Minha Angola,
Minha Amada!
.
(Isa Pontes - na margem do rio Vaal, África do Sul)

.

Aldeia do mato, algures, na Huíla, Sul de Angola

.

2 comentários:

isa pontes disse...

Foi um imenso prazer encontrar aqui um poema meu, feito há uns anos em África, a minha terra amada.
Isa Pontes

Cavaleiro da Torre disse...

Cara Isa Pontes, o seu prazer não foi com certeza superior ao meu, quando deparei, há cerca de um ano, com este belíssimo poema sobre a sua (e minha) terra bem-amada. Cumprimentos e parabéns!