terça-feira, 6 de outubro de 2009

Incomparável Amália Rodrigues - Dez anos depois...

.
.
Faz hoje precisamente uma década que nos deixou (6-Outubro-1999).
Se os países têm alma, a de Portugal refugiou-se, para sempre, nesta voz incomparável.
Quer se escute numa viela de Lisboa, nas margens do Cunene, na caatinga brasileira, nas serranias de Mouçós, na pampa argentina, numa avenida de New York, numa calle de Salamanca ou numa ruela de Xangai...
E quer se goste ou não de fado...
Na sua voz imortal se guarda, de facto, o espírito de um povo - esta gente portuguesa simples e dada, às vezes demasiadamente crédula, outras vezes destemperada, até excessiva, mas - por regra - de fundo bom e generoso.
Comprovem aqui:
.
e aqui:
.
e, ainda,aqui:
.

1 comentário:

WB disse...

Os jovens também cantam Amália, sinal de que continua viva:

http://www.youtube.com/watch?v=XJ2qO2ayIfo