domingo, 23 de novembro de 2008

Grandes Pintores - Edvard Munch (Noruega)

O Grito (1893)
.
Madonna (1894)
.

O Beijo (1897)
.
Dia de Primavera na Rua Karl Johan (1891)
.
Rapariga Acendendo o Fogão (1883)
.
Raparigas na Ponte (1889)
.
Ansiedade (1896)
.
Auto-Retrato com Cigarro (1895)
.
Manhã (1884)
.
Melancolia (1896)
.
Rosa e Amélia (1893)
.
Noite em Karl Johan (1892)
.
Primavera (1889)
.
Cavalo a Galope (1910)
.
Olhos nos Olhos (1894)
.
Maridalen (1881)
.
Edvard Munch foi um pintor norueguês (n. 1863 – f. 1944).
Frequentou a Escola de Artes e Ofícios de Oslo, vindo a ser influenciado por Courbet e Manet.
Em Paris descobre as obras de Van Gogh e Gauguin e o seu estilo sofre grandes mudanças.
.
Em 1892, o convite para expor em Berlim torna-se num momento crucial da sua carreira e da história da arte alemã. Inicia um projecto que intitula “O Friso da Vida”, a que pertence O Grito, considerada a sua obra máxima. O quadro retrata a angústia e o desespero e foi inspirado nas decepções do artista tanto no amor quanto com os seus amigos.
.
Em 1896, em Paris, interessa-se pela gravura, fazendo inovações nesta técnica. Os trabalhos deste período revelam uma segurança notável.
Em 1914 inicia a execução do projecto para a decoração da Universidade de Oslo, usando uma linguagem simples, com motivos da tradição popular.
.
Munch retratava as mulheres ora como sofredoras frágeis e inocentes, ora como causa de grande anseio, ciúme e desespero.
Toda a obra está impregnada pelas suas obsessões: a morte, a solidão, a melancolia, o terror das forças da natureza.

Sem comentários: