sexta-feira, 31 de outubro de 2008

(América Profunda) - O "Marxista"


"Uma jornalista perguntou a Joe Biden: "Obama é marxista?"
Velha raposa, Biden fez-se admirado: "Está a brincar?"
A jornalista não estava: "Você deve reconhecer esta famosa citação 'de cada um segundo as suas capacidades, a cada um segundo as suas necessidades', é de Karl Marx; como é que Obama não está a ser um marxista se ele quer espalhar a riqueza pelo povo?..."
.
De facto, Obama usara a expressão na já famosa conversa com Joe, O Canalizador, para justificar os impostos.
Isso tem servido para a campanha de McCain criticar o adversário, mas ninguém ainda tirara a conclusão completa, como agora a tal jornalista.
Se Obama quer espalhar a riqueza não pode ser senão um marxista encapotado.
.
A jornalista americana não chamou "Leão XIII" a Obama talvez só por caridade.
Até na América, a liberdade de informação tem limites e ela não podia comparar o candidato democrata ao perigosíssimo Papa que, pouco antes de Lenine, em 1891, escreveu a encíclica Rerum Novarum e pediu (resumo) que se espalhasse a riqueza (...) (*)
.
(*) - Ferreira Fernandes, Diário de Notícias, Lisboa, 28 de Outubro de 2008.

1 comentário:

José Jorge Frade disse...

Quero aqui deixar expressa a minha vénia, a este blogue de excelência!

Saúde e bom trabalho!