sábado, 15 de dezembro de 2007

Reis dos Mares (1) - Navios do Tempo Colonial Português

" Moçambique"
(Tinha dezassete anos quando viajei nele. Duas semanas inesquecíveis, escorridas num repente entre o Sul de Angola e Lisboa, a capital do império de então. Numa noite de vagas inquietas, a desfazerem-se estrondosas contra o casco deste valente navio, li da primeira à última página o "D. Sebastião", do quase esquecido Mário Domingues...)
 
 
"Uíge"
(Neste viajei com doze anos. Primeiras emoções marítimas...)
 
 
 
"Vera Cruz"
(... que muito navegou pelos portos da América do Sul, em cruzeiros de luxo)
 
 
 
"Quanza"
"Índia"
"Santa Maria"
(O mítico paquete capturado em 1961 por Henrique Galvão e seus companheiros de aventura. Morreu um oficial de bordo quando procurava opor-se à tomada do navio. Após perseguições navais e peripécias várias - que incluíram uma passagem rocambolesca pelo Brasil de Jânio Quadros -, o barco reentrou em Lisboa perante uma multidão expectante. Salazar deslocou-se a bordo. Mas foi lacónico: "Temos o 'Santa Maria' connosco. Obrigado, Portugueses.")
"Angola"
"Niassa"
(...que seria um dos principais transportes de tropas mobilizadas para combaterem nas então províncias ultramarinas portuguesas. A guerra tinha começado em Março de 1961, com os sangrentos acontecimentos no Norte de Angola).
"Príncipe Perfeito"
"Infante Dom Henrique"
"Império"
"Funchal"

2 comentários:

José Jorge Frade disse...

Bela colecção! Viajei no Vera Cruz, com seis anos...

Anónimo disse...

Olá:-)

Viajei no Príncipe Perfeito, Infante D. Henrique e no Vera Cruz:-). Ainda há dias encontrei (muito anémico) um postal com a fotografia do "Infante D. Henrique, numa caixa esquecida.

Obrigada. Foi muito agradável relembrar estas casas flutuantes.

http://Anitanosupermercado.vox.com